• Home »
  • Brasil »
  • Hospital Geral de Cariacica é confirmado em prédio de shopping inacabado

Hospital Geral de Cariacica é confirmado em prédio de shopping inacabado

“Estamos na fase final de desapropriação do prédio do VitaShopping e esse processo termina até março do ano que vem”, disse o governador Renato Casagrane.

Cariacica(ES) vai receber um hospital geral público. O local escolhido pelo governo do Estado fica bem ao lado do Estádio Kléber Andrade, no bairro Dom Bosco, onde existe um prédio inacabado que pertencia a um shopping. O anúncio da obra foi feito pelo governador Renato Casagrande (PSB), nesta sexta-feira (29). A construção de um hospital público no município é uma antiga reivindicação. Cariacica é a única cidade da Grande Vitória que não tem uma unidade pública deste porte.

De acordo com Casagrande, para a construção, o prédio está sendo desapropriado e, por isso, ainda não há valores fechados sobre o investimento. A negociação para adquirir o prédio começou há quatro meses.

“Estamos na fase final de desapropriação do prédio do VitaShopping e esse processo termina até março do ano que vem. Depois disso, vamos fazer o projeto e definir qual será o modelo de administração”, disse o governador. Com a adaptação da estrutura do prédio, o novo hospital vai contar com todas as especialidades, pronto-socorro e vagas de UTI. Pelo menos 200 leitos hospitalares serão disponibilizados com o projeto.

Questionado sobre a proximidade de um hospital com o Estádio Kléber Andrade, Casagrande ressaltou que parte da atual construção será destinada tanto ao estacionamento do centro esportivo, quanto do próprio hospital. “Na nossa vistoria já foi possível identificar que obras de isolamento acústico podem ser feitas para minimizar a questão do som”, explicou.

A escolha do prédio inacabado para abrigar o hospital geral, segundo o governador, foi feita após as discussões do Plano Plurianual e das audiências públicas, onde a demanda pela estrutura hospitalar apareceu com frequência. “Além disso conversamos com todas as lideranças (deputados e prefeitura) para reforçar esse posicionamento”, concluiu.


Compartilha