• Home »
  • Geral »
  • Google perde ao tentar manter ‘Inocência dos Muçulmanos’ no ar

Google perde ao tentar manter ‘Inocência dos Muçulmanos’ no ar

Google perde ao tentar manter 'Inocência dos Muçulmanos' no ar

Quase dois anos após ter aparecido com bastante polêmica, o filme “Innocence of Muslim” (A Inocência dos Muçulmanos) ainda tem potencial para gerar assunto. O Google tentava mantê-lo no ar de forma irrestrita, mas perdeu mais uma batalha e teve de fazer com que ele sumisse do YouTube.

Uma das atrizes que atuaram na obra, Cindy Lee Garcia, lutava para tirar o filme do ar após ter recebido ameaças de morte, alegando ter poder para isso, já que possui parte dos direitos e da distribuição.

De acordo com o RT USA, uma corte da Califórnia entendeu que ela tem razão. O Google não pode mais deixar o filme em exibição e nem permitir que alguém o envie novamente para o YouTube.

A Inocência dos Muçulmanos retrata o profeta Maomé como fraude e mulherengo e chegou a ser apontado como motivador de ataques a embaixadas dos Estados Unidos no Cairo, Iêmen e Líbia – o que causou a morte do embaixador na Líbia, Chistopher Stevens, e de outros três diplomatas.

O Google vinha conseguindo mantê-lo no ar, bloqueando sua visualização apenas nos países afetados. No Brasil a Justiça também entendeu que o título deveria permanecer disponível.

Fonte: Olhar Digital


Compartilhar
Compartilha