• Home »
  • Esportes »
  • Diego Costa precisa de quinze dias de repouso e pode ficar fora da Copa

Diego Costa precisa de quinze dias de repouso e pode ficar fora da Copa

Vicente Del Bosque quer que todos os convocados estejam em plenas condições em 18 dias

Diego Costa sofreu uma micro ruptura de grau 1 no biceps femural da coxa direita

Diego Costa sofreu uma micro ruptura de grau 1 no biceps femural da coxa direita

A tentativa de milagre pode ter custado caro para Diego Costa. O tratamento com placenta de égua na Sérvia não é o grande problema, mas após sentir novamente a lesão na coxa direita, o atacante brasileiro naturalizado espanhol pode ficar de fora da Copa do Mundo.

Na esperança de conseguir se recuperar a tempo da final da Liga dos Campeões, em que sua equipe, o Atlético de Madrid, acabou derrotado por 4 a 1 pelo rival Real Madrid, Diego Costa se precipitou. Após uma tentativa na Sérvia, com um tratamento milagroso a base de placenta de égua, o atacante até conseguiu entrar em campo. Nove minutos depois, entretanto, o artilheiro do Atlético teve que sair, com dores no mesmo bíceps femural da perna direita.

Examinado nesta manhã para saber em que estado se encontra sua lesão, Diego Costa recebeu do doutor Pedro Guillen a confirmação de que precisa de quinze dias de repouso.

“Diego Costa tem uma lesão, uma micro ruptura no bíceps femural, de grau 1”, garantiu.

O técnico Vicente Del Bosque insistiu que todos que sejam convocados no dia 02 de junho devem estar em plenas condições para treinar e aptos para a partida de estreia da Espanha contra a Holanda, no dia 13, ou seja, dentro de 18 dias. O tempo é curto.

Todos os convocados para o amistoso do dia 30 de maio contra a Bolívia – os jogadores de Real e Atlético não foram incluídos na lista – também foram passaram por exames com os doutores da seleção espanhola.

Compartilha