De touca! Nova Iguaçu lança moda visando melhorar o toque de bola

Time usa utensílio como estratégia nos treinos para deixar jogadores da equipe carioca de cabeça erguida.

toca

Depois de se livrar do rebaixamento por um ponto, o Nova Iguaçu se prepara para não passar tanto sufoco no Campeonato Carioca do ano que vem. Pensando nisso, a equipe lançou moda e está treinando com uma estratégia que pode dar um grande resultado. Saíram os coletes padrões dos treinamentos e entraram as inusitadas toucas de banho.

A medida tem como objetivo servir de estímulo aos jogadores, para que os mesmos olhem para cima, com a cabeça erguida enquanto jogam, para reconhecerem o seu companheiro de equipe durante um jogo e, assim, diminuir os passes errados. O feito já havia sido adotada na categoria mirim do Nova Iguaçu e não é novidade para o técnico do profissional, Edson Souza.

“Há 30 anos atrás quando comecei minha carreira no Bonsucesso já se fazia isso, mas não tinha touca, amarrávamos os coletes na cabeça porque o treinador falava que tínhamos de jogar com a cabeça erguida, e tem fundamento. Quando a bola chega em você, com a cabeça erguida, já sabe o que vai fazer. Se fica com a cabeça baixa, o adversário já chega e toma a bola”, explicou.

Pensando em um melhor desempenho no Carioca do ano que vem, o comandante espera que a técnica dê resultado em 2014. “A resposta está sendo boa, porque eles estão errando pouco. Vi isso aqui mesmo no mirim e percebi que era uma boa ideia. Inclusive acredito que essa iniciativa poderia ser adotada em todas as categorias. Doutrinado desde os 10 anos, o jogador já chega na equipe profissional sabendo jogar de cabeça erguida”, afirmou ao site oficial do Nova Iguaçu.


Compartilha